ARTESANATO DA BAHIA PRESENTE E COM BONS RESULTDADOS NA 22ª FENEARTE

A Feira da Fenearte (Feira Nacional de Negócios do Artesanato) contou com a presença de nossas(os) artesãs(ãos) baianas(os) na sua 22ª edição, que aconteceu entre os dias 06 e 17 de julho, na cidade de Olinda. A Feira, imensa em estrutura e diversidade cultural, reuniu compradores, lojistas, artesãs e artesãos de todo o Brasil e tem como proposta enaltecer a riqueza cultural do artesanato e o seu potencial de negócios.

Entre os 5 mil expositores, estavam presentes 10 artesãs(ãos) com o estande do Artesanato da Bahia, localizado na rua 8, que apresentaram uma variedade de produtos, entre eles: cerâmica, artesanato indígena, frivolité, metal, rendendel, cestarias, palha, renda de bilro, couro, crochê e biscuit.

Aldair Nascimento do Carmo, artesã remanescente quilombola, moradora de Ilha de Maré, aproveitou o evento para expor as cestarias, feitas da matéria prima de Canabrava. “Eu pude ter a oportunidade de passar o nosso trabalho para as pessoas, o conhecimento, para saber quem nós somos.” comentou sobre a experiência.

Ela e outros artesãos baianos alcançaram mais de 208 mil em vendas e encomendas, o que demonstra uma crescente procura do materialem comparação ao faturamento da edição passada.

Além disso, para ela foi o momento para entrar em contato com colegas de trabalho de outros locais. “A troca de experiência com outras pessoas, que fazem outro tipo de artesanato, eu pude abrir a mente para conhecer mais sobre outros negócios”, relatou.

A Bahia não só marcou presença, como tivemos uma artesã premiada no Salão de Arte Popular religiosa, Mônica Vieira, artesã de Salvador, recebeu o prêmio pela segunda vez nesse evento, e comentou um pouco sobre ser reconhecida pelos visitantes devido a isso. “As pessoas passavam pelo estande e diziam: ‘Vi sua peça, você é premiada’, e isso não tem preço, isso só aumenta a certeza de que o meu amor pelo artesanato é algo muito valioso.”

Além do reconhecimento, ela também conta que passou a ter mais certeza sobre seu trabalho. “Ser premiada na Fenearte é ser premiada na maior feira de artesanato da América Latina, ser reconhecido e ter certeza do que você está fazendo vale muito a pena, que você está no caminho certo”, disse a artesã.

Sobre a Feira Nacional de Negócios do Artesanato – Fenearte

A Fenearte é uma realização do Governo do Estado de Pernambuco, da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) /Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC). Acontece em Olinda e é considerada uma das mais importantes feiras de artesanato da América Latina, devido ao número de visitantes e ao grande volume de vendas. 

A 22ª edição da Fenearte recebeu mais 300 mil pessoas durante os 12 dias de feira. O evento homenageou o Movimento Manguebeat, uma manifestação de contracultura que surgiu em Pernambuco, e completa 30 anos em 2022.

preloader