Feira Artesanato da Bahia apresenta desfile de moda artesanal

A rica produção do artesanato e a música criada na Bahia são atrações da Feira Artesanato da Bahia, neste sábado (12/03) e domingo (13/03), das 15 às 21 horas, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). Além dos estandes com uma diversidade de produtos decorativos e utilitários, o público também poderá conferir a moda e os acessórios feitos à mão durante o desfile, sábado, às 17 horas. A produção e direção é de Tininha Viana, em parceria com o Senac.

A música garante ainda mais a diversão no evento. No sábado, às 18 horas, a banda Geleia Solar, anfitriã da JAM no MAM, faz uma apresentação especial. Já no domingo, também às 18 horas, a atração são as Ganhadeiras de Itapuã com participação de Margareth Menezes. Durante a feira, o público poderá conferir a performance do ator Jackson Costa, que traz um repertório de poesias.  A entrada é gratuita.

ESTILISTAS E ARTESÃS

A sustentabilidade, criatividade e a valorização da cultura pautam as produções artesanais de moda e acessórios. Na passarela da Feira Artesanato da Bahia, o público vai poder conhecer a história, criatividade e resistência, através de trabalhos feitos à mão de cada estilista e artesão.  

Já conhecidos no cenário da moda baiana, o desfile vai reunir as marcas Sillas Filgueira, Nós Macramê (Cássio Caiazo e José Erick), MB Conceito e Balbina (Moabe Barros), Casa Linda (Kivia Souza), Jeferson Ribeiro Brand, Preta Brasil (Luana Bonfim), Abanto e Orí Lewa.

Roupas produzidas em tear manual, pintadas à mão, bordadas com a técnica do redendel e feitas em reaproveitamentos de tecidos comporão algumas das produções. Acessórios feitos em cerâmica, madeira de demolição, fibras naturais como piaçava e caruá, couro e cocos complementam os looks. As peças são produzidas pelas artesãs Celia Amorim, Clara Fernandez, Maria Zenaide Batista, Lara Mascarenhas, Maria dos Anjos, Geiza Santos, Lena Dantas, Itamani da Conceição, Nenete, Dona Jacira e Tarsis Rocha, além dos grupos Associação das Produtoras Artesãs de Vila Sauípe, Estiva e Canoas, Itamani da Conceição e Associação de Biojoias, Pesca e Agricultura de Ituberá – ABPAGI.

Durante a feira, o histórico Solar do Unhão vai receber produtos diversificados de artesãos e artesãs, que refletem a rica diversidade cultural do Recôncavo, Baixo Sul e Região Metropolitana de Salvador. Cerâmicas utilitárias e decorativas, rendas, bordados diversos, como richelieu e barafunda, trançados de fibras naturais, crochê e macramê são algumas das técnicas cujas produções poderão ser adquiridas direto de quem produz.

A realização da Feira Artesanato da Bahia é uma iniciativa da Coordenação de Fomento ao Artesanato da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Associação Fábrica Cultural. O evento conta com o apoio do Museu de Arte Moderna da Bahia, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – Ipac, Secretaria de Cultura e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac.

preloader