Feira Artesanato Indígena vai reunir produtos de vários povos no MAM

A Feira Artesanato Indígena vai reunir produtos de artesãos e artesãs dos povos indígenas Tupinambá, Tumbalalá, Pataxó Hã-Hã-Hãe, Kiriri-Xocó, Xuku-Kariri, Kiriri, Tuxá, Xukurú e Funiô, nos dias 30 de abril a 01 de maio, das 15 às 21 horas, no MAM – Museu de Arte Moderna. A edição especial da Feira Artesanato da Bahia integra a segunda edição do projeto Abril do Artesanato Indígena, que a partir do dia 29 de abril conta com a exposição fotográfica Resistência Pataxó, do fotógrafo Ricardo Prado, o Encontro de Artesãos e Artesãs Indígenas e a entrega de Carteiras de Mestres Artesãos.

Na programação da feira, o Projeto Rede Sonora, capitaneado pelos músicos Amadeu Alves e Fabrício Rios, vai realizar uma apresentação no sábado, às 17h. Já no domingo, às 18h, o cantor Gerônimo vai encantar o público em um show especial.

Em composições tradicionais e contemporâneas, os produtos do artesanato indígena despertam cada vez mais desejos em baianos e turistas. Entre os produtos que serão comercializados na feira, destaque para os utilitários talhados à mão em madeira e a cerâmica em argila com pintura em Tauá (pigmento de argila em cor branca). Objetos de decoração como pinturas em madeira, trançado de fiada e tecida em aió, cocares, arcos e flechas, e os instrumentos musicais como maracas e apitos, entre outros.

Nos 32 estandes montados no MAM, os visitantes poderão dialogar, interagir e adquirir os produtos diretamente com alguns representantes das comunidades indígenas. Os próprios artesãos e artesãs poderão explicar as técnicas de criação de cada etnia, que utilizam uma diversidade de matéria prima nativa, como aproveitamentos de sementes e cocos, penas de animais domésticos, fibras naturais de cipós, piaçava, palmeira do licuri, madeiras e argila.

Em torno da Baía de Todos os Santos, o espaço ao ar livre do centenário Solar do Unhão vai receber representantes de povos indígenas que vivem nos Territórios de Identidade do Artesanato, que compreendem o sertão do São Francisco, Semiárido Nordeste II, Itaparica, Metropolitano de Salvador, Litoral Sul, Costa do Descobrimento e Extremo Sul.

A realização da Feira Artesanato Indígena é uma iniciativa da Coordenação de Fomento ao Artesanato da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Associação Fábrica Cultural. O evento conta com o apoio do Museu de Arte Moderna da Bahia, do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – Ipac, das Secretarias de Cultura e de Políticas Públicas para as Mulheres, do Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoiba), do Centro de Economia Solidária de Salvador e da Federação das Associações de Artesãos da Bahia (FAAEB).

SERVIÇO
Feira Artesanato Indígena
Quando: 30/04 a 01/05
Horário: 15h às 21h
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM)
Local: MAM – Museu de Arte Moderna – Avenida. Lafayete Coutinho (Av. Contorno), s/n – Comercio, Salvador – BA.

preloader