Mostra Mulheres que Tecem na Vida e na Arte

A mostra Mulheres que Tecem na Arte e na Vida, que reúne trabalhos utilitários e decorativos feitos por mãos femininas durante um curso de tecelagem, foi aberta nesta sexta-feira (06/03), às 16h30, no Centro de Comercialização do Artesanato da Bahia, no Largo do Porto da Barra, 02. Em cartaz até segunda-feira (09/03), a exposição vai homenagear o Dia da Mulher (08/03) e abre a programação de Março do Artesanato, que comemora o Dia do Artesão, celebrado no próximo dia 19, e terá várias ações durante o mês.

O curso, ministrado pelo mestre artesão Joselito Pinto, de agosto a dezembro do ano passado, foi realizado pela Coordenação de Fomento do Artesanato – CFA, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes – SETRE, e a mostra conta com o apoio da Associação Fábrica Cultural. As alunas apresentam os produtos criados através da técnica de entrelaçamento de fios apresentada pelo mestre Joselito Pinto, especialista em tecelagem e na produção de panos da costa.

CENTRO DE COMERCIALIZAÇÃO

A diversidade cultural é o principal diferencial do artesanato criado na Bahia, com uma produção que reflete a miscigenação de seu povo. Este trabalho dos artesãos baianos, que encanta pessoas do mundo inteiro, vem sendo apresentado com sucesso no Centro de Comercialização do Artesanato da Bahia, aberto no final do ano passado no Largo do Porto da Barra. A loja reúne trabalhos artesanais, dos mais simples aos sofisticados, criados em todas as regiões do estado, como bordados, carpintaria, cerâmica, cestaria, costura, papietagem, renda, tapeçaria e tecelagem, entre outros.

preloader